Ensino médio a distância para brasileiros em escola japonesa

A iniciativa é uma forma de conciliar o trabalho com os estudos

O mostra o vídeo do Maurício de Souza o ensino é a base para as pessoas se desenvolverem tanto intelectualmente como financeiramente, há estudos que mostram que existe uma relação entre a violência e a educação, como também a relação entre desenvolvimento econômico e educação, podemos observar essa realidade nos países desenvolvidos e os países pobres.

É preocupante a quantidade de jovens brasileiros no Japão que estão deixando de cursar o ensino médio para trabalhar e ganhar dinheiro,  limitando assim suas perspectivas de ascensão social e intelectual. Há uma opção para contornar esse problema, é o sistema de ensino a distância, que permite se formar no koukou estudando em casa.

A escola Shineisha Gakuin, com sede em Saitama, que oferece esse tipo de curso para moradores da região Kanto, lançou uma campanha em português para conscientizar os jovens brasileiros da possibilidade de conciliar o trabalho e estudo e obter o diploma de koukou em três anos, assim como nos colégios convencionais. O projeto Ensino a Distância começou em outubro de 2010, com a parceria feita com a Escola Shigakukai Gakuin, então Shineisha Gakuin, localizada em Saitama.

Dentre as principais vantagens oferecidas pela Shigakukai Gakuin estão a praticidade do estudo a distância (o aluno necessita ir somente alguns dias durante ano para apresentar os relatórios), o baixo custo das mensalidades, o subsídio oferecido pelo Governo (entre 50% a 100% de reembolso) e os convênios com 4 universidades, o que permite com que o estudante possa ingressar diretamente sem a necessidade de prestar provas.

Os estudantes matriculados no curso a distância também têm direito ao mesmo subsídio do governo oferecido aos alunos do koukou convencional. Com esse auxílio, as mensalidadades da Shineisha ficam reduzidas pela metade. O valor dos subsídios anuais variam de 118.800 ienes e 178.200 ienes a 237.600 ienes, conforme a renda familiar do aluno.

Para entrar no curso, basta se inscrever para marcar a data da entrevista em japonês com professores da escola. Não haverá provas.

Se você pretende se formar no koukou, obtendo o diploma de conclusão para investir em um futuro melhor, esta é a sua grande chance! A escola Shigakukai Gakuin está com as matrículas abertas até o início de setembro.

Site da escola(em japonês) : http://shigakukai.ed.jp/
Fonte: http://www.ead.jp

Deixe um Comentário

* Indicar Campos Obrigatórios