Japão decide introduzir o visto para yonsei

Japão decide introduzir o visto para yonsei

Segundo o jornal Yomiuri, o Ministério da Justiça planeja apresentar um novo status de residência para os descendentes japoneses de quarta geração que vivem no exterior que lhes permitirão trabalhar no Japão sob certas condições, tais como a aquisição de um nível estabelecido de habilidades de língua japonesa.

Cerca de mil pessoas serão aceitas todos os anos nos estágios iniciais, disseram as fontes. O ministério solicitará comentários do público em breve, e depois decidirá quando o programa será lançado.

O objetivo do novo sistema é ajudar os descendentes japoneses da quarta geração (yonsei) a aprofundar seu interesse e conhecimento sobre o Japão, e interagir com as pessoas que seriam uma ponte entre o Japão e as comunidades de descendentes japoneses no exterior no futuro.

Aqueles que serão  aceitos terão entre 18 e 30 anos e receberão o status de “atividades designadas”, o que lhes permitirá trabalhar durante a permanência no Japão, de acordo com o plano do ministério.

Os participantes deverão ter habilidades japonesas equivalentes ao nível N4 do teste de proficiência em língua japonesa – capaz de realizar conversas diárias básicas – no momento da chegada. Quando renovarem o status de residência, serão obrigados a ter habilidades equivalentes ao nível N3 – entendendo frases complexas. Não terão permissão para trazer membros da família.

O status de residência precisará ser renovado a cada ano, com a duração máxima fixada em três anos. Será possível ficar mais tempo se for permitido alterar o status de residência devido ao casamento, emprego ou outros motivos.

O ministério prevê a aceitação de descendentes japoneses de quarta geração de países – como o Brasil, o Peru e os Estados Unidos – onde várias comunidades étnicas japonesas se formaram e se enraizaram como resultado da migração japonesa antes e depois da Segunda Guerra Mundial. Um limite máximo para o número de candidatos aceitos será definido para cada país ou região, disseram as fontes.

Sob o sistema atual, os descendentes japoneses de segunda e terceira geração podem obter um status como “residente de longa duração” e são elegíveis para estadias e empregos de longo prazo. No entanto, não houve tratamento preferencial para descendentes de quarta geração, exceto para crianças biológicas menores de idade – que são solteiras e dependentes – dos pais de terceira geração que são residentes de longa duração.

 

Fonte : 31 de julho de 2017, visto para yonsei

Deixe um Comentário

* Indicar Campos Obrigatórios